A importância da Prevenção e Combate a Incêndio

 

Descoberta do Fogo Bianchi

 

 

 

 

A descoberta do fogo ainda é uma incógnita para os historiadores e arqueólogos, porém acredita-se que o homem tenha tido seu primeiro contato com o fogo na Idade da Pedra, mais especificamente no período paleolítico, através de um acidente natural como um incêndio provocado por um raio ou até mesmo pela lava de um vulcão em erupção. O que pode-se afirmar sem dúvida alguma é que a descoberta de sua obtenção é considerada umas das descobertas mais importantes para a sobrevivência do ser humano.

 

Tendo dominado o fogo o homem passou a utilizá-lo de várias formas, tanto para o bem, quanto para o mal, desde o uso na culinária até sua utilização em guerras mortais com armas de fogo.

 

Porém sua utilização nem sempre é passível de ser controlada, podendo se tornar um incêndio devastador em florestas ou em edificações. E quando isso acontece, a reação do homem ainda é a mesma de nossos antepassados que para se proteger foge para um local que a princípio parece ser seguro e que muitas vezes pode não ser.

 

Existem relatos históricos de grandes incêndios que chocaram a humanidade como o grande incêndio de Roma, talvez o primeiro grande incêndio numa região urbana que devastou toda uma cidade, que tinha em grande parte de suas construções um material altamente inflamável, a madeira.

 

No Brasil, houve três grandes incêndios em edificações, que ocorreram nas cidades de São Paulo e Santa Maria - RS e não podem ser esquecidos. É o caso dos edifícios Joelma em 1974 que fez 189 vítimas fatais e 345 feridos e Andraus em 1972 que deixou 16 mortos 330 feridos, ambos em São Paulo e da Boate Kiss no Rio Grande do Sul em 2013 que deixou 242 mortos e 680 feridos.

 

Com o aumento da incidência desses desastres no decorrer dos anos, o homem se viu com a obrigação de criar mecanismos que possa ser eficiente e ágil no momento de ocorrência de um incêndio.

 

Para evitar que o fogo fuja do controle do homem e se transforme em uma tragédia, o profissional de Engenharia Civil / Engenharia de Segurança desempenha um papel importante, projetando edificações mais seguras, sistemas de combate a incêndios mais eficientes e rotas de fuga adequadas para o melhor abandono da edificação.

 

Como a tecnologia está em constante aperfeiçoamento e os processos industriais cada vez mais automatizados, é importante que os sistemas de prevenção, retardo e combate a incêndios estejam sempre evoluindo.

 

 

Fredie Bianchi