Projeto de Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas
Descrição

Conforme prescrito pela ABNT, o Brasil é uma região que recebe em média 50 milhões de raios por ano. Para evitar possíveis problemas, prédios, indústrias e locais com energia elétrica devem receber a proteção correta contra descargas atmosféricas.

 

Nos estabelecimentos mencionados na norma, é obrigatório o laudo de inspeção do sistema de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA). Trata-se de um documento técnico, com registro das inspeções, verificações e medições realizadas no sistema de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA) e também do sistema de aterramento elétrico. Seu objetivo é verificar a conformidade com a norma técnica ABNT NBR 5419:2015, Proteção de estruturas contra descargas atmosféricas e a Norma Regulamentadora do Ministério do Trabalho e Emprego – NR10.

 

O Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e os Conselhos Regionais (CREA) estabeleceram na resolução Nº 218, DE 29 JUN 1973 do CONFEA, que somente o profissional Engenheiro legalmente habilitado pode emitir laudos e pareceres técnicos. As inspeções e ensaios para emissão deste laudo devem ser executados segundo os objetivos, métodos e periodicidade prescritos na norma.

 

O Projeto de para-raios contempla:

 

- Levantamento das condições locais do solo

- Estrutura a ser protegida e demais elementos sujeitos aos efeitos direto e indiretos de descargas atmosféricas

- Cálculos de parâmetros elétricos para a execução, em especial para os sistemas de aterramento e ligações equipotenciais 

- Seleção e especificação de equipamentos e materiais de acordo com a NBR 5419:2015. 

- Desenhos de todos os elementos de proteção contra descargas atmosféricas

- Dimensionamento de malha de aterramento e memoriais descritivos, conforme NBR 5419:2015

- Emissão da ART (Anotação de Responsabilidade Técnica pelo engenheiro responsável)